sexta-feira, 17 de abril de 2009


Coisas curiosas aqui em Santiago:


- Ontem teve um paro, que é greve, por causa da crise financeira, rolou Zé Gotinha e bombas de gás, e todas, TODAS, as pessoas que passavam pelo local sabiam se proteger das bombas de gás. Resquício da ditadura do Pinochet...

- Aliás, a ditadura aqui é um assunto controverso. Algumas pessoas acreditam que o Allende se matou mesmo, outras são mais instruídas, por assim dizer. Há aqueles que dizem Mi general e outras que dizem, aquele demônio. Estou confusa quanto há isso ainda.

- A ditadura deixou resquícios bons e ruins. Os bons: o povo é politizado, reclama, faz protesto. Os maus: não se pode beber na rua, as escolas, públicas ou particulares, têm o mesmo uniforme e quase tudo fecha as 11 da noite.

- Em qualquer lugar da cidade, seja turístico, rico ou pobre, sempre há uma bandeira do Chile. Ás vezes, existe 18, como no palácio de La Moneda. Mas elas estão em todos os lugares. Para uma brasileira, isso é impressionante porque o patriotismo por aqui não é coisa de copa do mundo.

- Mais patriotismo chileno: eu vejo alguns jogos de futebol pela TV, e a cena sempre se repete: eles gritam desesperadamente: chi-chi-chi, le-le-le, ¡Viva Chile! É lindo de ser e de se escutar. Emocionante.

- Estou me tornando uma torcedora do time de futebol da Universidad de Chile. La U, para os íntimos. Na hora de dizer La U, faz um U com a mão direita, bate no peito e grita LA U!

- Ainda ele, o futebol: os torcedores mais fanáticos e sem dinheiro, nos dias de jogos, estendem suas camisas na calçada e pedem moedas. Para ir ao estádio.

- As pessoas e os cachorros se sentam em qualquer lugar. Chão, grama, banco. Não importa, está cansado, eles se sentam.

- Cachorro, por aqui, espera o sinal fechar para atravessar a rua. E há muitos deles na rua, porque não existe carrocinha. Nem tenho conhecimento de alguma ONG que faça este trabalho.

***

Eu já tenho uma quase vida aqui agora. Trabalho, vou ao supermercado, arrumo mais ou menos a casa, saio, sempre tem uma festa, um almoço, um jantar. Está ficando mais divertido. E a cidade é bonita, muito bonita, e agora que o outono está finalmente chegando, ta ficando mais bonita ainda, porque está tudo meio amarelado, as folhas estão caindo e parece coisa de filme ‘roliudiano’. E é incrivelmente bonito. Todo dia, quando eu acordo, abro a cortina do meu enorme apartamento e vejo a cordilheira, essa vista aí da foto.


Chato né?


.

2 comentários:

Fernanda disse...

!hola Vivis!
?Qué tal?
Pois bem, pesquisando sobre Santiago, descobri seu blog e se possível gostaria que vc me ajudasse un poco!

Voilá! Sou de BH e desembarco em Santiago na próxima sexta (24/04) a tarde. Meus planos são ir para Viña de Mar/Valpo no sabado, passear por Santiago (incluindo as viñas) no Domingo e alugar um carro na segunda pra explorar algum lugar e voltar pra o Brasil na terça a tarde. Onde vc sugere? Tem neve em algum lugar nas proximidades de Santiago? Como está o clima por aí? Pelas minhas pesquisas não está tão frio...WEll, qq dica é mto bem-vinda!!!! São somente planos, a única certeza é rolar no chão de tanto bb pisco sour!!!

Se puder me responder no email, ótimo!

fe.abreu@gmail.com

Muchas Gracias Chica!!

Fernanda!!!

Carolina disse...

querida amiga, hahahaha
como vc não me escreveu parabens no post do meu aniversario rsrsrs?
se cuide
saudades
beijos